Ex-jogadores do Clube Brilhante são campeões da Liga Gaúcha Sub-20

Na sexta-feira (18) a ACBF de Carlos Barbosa venceu o Atlântico de Erechim por 3 a 1 e foi campeão Estadual Sub-20.

Três atletas que marcaram época no Clube Brilhante fizeram parte desta conquista. O goleiro Guilherme Rego, o fixo Vinicius Andrades e o ala Mateus Lima, capitão da ACBF.

Pelo Esmeraldino, o trio atuou em diversas categorias de base com o técnico Leon Dode, conquistando diversos títulos, entre eles, o Estadual Sub-15 em 2015.

Além de ser campeão Sub-20, o fixo Vinicius foi chamado para o time adulto da ACBF para a temporada 2021. O atleta fez questão de lembrar a importância da sua passagem pelo CB na sua carreira. "Sou muito grato ao Clube Brilhante e especialmente ao Leon Dode, que abriu as portas para mim em 2015, onde fui muito feliz e joguei até 2018. Foram anos de muito aprendizado que vão ficar na minha memória para sempre. O Leon foi muito mais que um treinador pra mim, foi um amigo que me ensinou muito dentro das quadras, mas me ensinou muito mais fora dela. O trabalho que ele e o Gustavo Fouchy vêm fazendo no Clube é algo muito importante para nosso esporte."

O ala Mateus Lima, que também foi capitão pelo Brilhante, comentou sobre o título. "Foi um ano totalmente atípico com muitas incertezas, mas o título veio para terminar o ano de uma forma boa. Uma conquista especial que marca meu último ano nas categorias de base. Passa um filme na cabeça de tudo que já aconteceu para chegar nesse último ano, desde o começo onde aprendi tudo no Clube Brilhante com o treinador Leon Dode, até chegar ao fim desse ciclo na ACBF, onde pude vivenciar muitas coisas e aprender bastante. Agradeço a todos que de certa forma contribuíram nesse meu processo, que sem eles não poderia ter vivido tudo isso dentro desse esporte".

O goleiro Guilherme Rego também comentou sobre a difícil temporada 2020. "É um sonho ganhar um titulo como esse de campeão Estadual, ainda mais com uma camiseta tão pesada como a da ACBF. É um sentimento de dever cumprido e de orgulho, afinal esse ano com tantas incertezas sobre ter o campeonato, treinos em casa, mais de 5 meses longe das quadras, fez com que esse campeonato tivesse um gostinho ainda mais especial".

Avisos:

Coluna do Clube Brilhante